Atualizando informações ...

Bela como a Lua

Modelo: Armindo Trevisan

Por:
R$ 78,00

ou 6x de R$ 13,00 Sem juros Cartão MasterCard
ou 6x de R$ 13,00 Sem juros Cartão Visa
Estoque insuficiente
* Aqui sua compra é 100% segura, compre com tranquilidade.
Simulador de Frete
- Calcular frete
Frete e prazo de entrega
Sobre o Livro

Na Literatura Ocidental, nenhuma mulher foi mais celebrada que Maria. O autorizado Dicionário de Mariologia (Editora Paulus, 1995) informa que a prece Ave-Maria foi traduzida para 404 línguas. Na presente antologia, os leitores poderão apreciar grandes joias do lirismo ocidental dedicadas a ela, entre as quais o poema final da Divina Comédia, de Dante Alighieri, um soneto precioso de Camões e um belíssimo ramalhete de poemas de autores modernos e contemporâneos. Encontrará, também, uma seleção de versos populares da língua portuguesa em sua honra e uma análise inédita sobre o Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna.

Sobre o Autor Sobre a Editora Características

ARMINDO TREVISAN nasceu em Santa Maria, RS, em 1933. Doutorou-se em Filosofia pela Universidade de Fribourg, Suíça. Em duas ocasiões foi bolsista da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.
É professor aposentado de História da Arte e Estética na UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde também ministrou aulas no curso de Pós-Graduação em Artes Visuais.
Obteve em 1964 o “Prêmio Nacional de Poesia Gonçalves Dias”, da União Brasileira de Escritores. A Comissão Julgadora, que premiou A Surpresa de Ser, estava constituída por Carlos Drummond de Andrade, Manuel Bandeira e Cassiano Ricardo, “o júri mais rigoroso e credenciado já organizado no Brasil”, na opinião de Moysés Vellinho.
Em novembro de 1972, foi-lhe atribuído, entre mais de 150 obras concorrentes, o “Prêmio Nacional de Brasília”, para poesia inédita, pelo original O Abajur de Píndaro.

Meu Carrinho

Continuar Comprando