Atualizando informações ...

Linhas de Segmentaridade

Ref: 700520000019
Modelo:  Breno Pitol

Não disponível
Sobre o Livro

Este é um livro de poesia contemporânea, com teor moderno, poesias bem elaboradas, dispostas em palavras e com um repertório que nos faz desenvolver o lado intelectual para a compreensão. Linhas de Segmentaridade surgiu como um movimento que preza pelo dessubstancializar, isto é, o prezar da diferença em relação ao idêntico, o preferir as relações contra termos totalizantes, enfim, a passagem de potência para atos. Dessa forma, não se enseja uma relação objetal-objetificante, em que a verdade esteja situada na representação de seu conteúdo concreto. Tampouco se concebe uma verdade dita pelo sujeito-assujeitado, aquilo que é representado não pelo objeto, mas pela consciência. Para superar a contradição, a oposição, enfim, o binarismo, criou-se uma estética não catártica, ou seja, não se espera banhar o leitor no caos orgiástico para então salvá-lo em direção a univocidade da ordem. Como um processo permanente de territorialização de dúvidas certas para certezas incertas, a estética aqui presente se concebe como um quadro de movimentos de intensidade, ora fugidios, ora segmentados. Embora desafiadores, tais versos prezam pela apreensão do imaginário em direção ao concreto, no devir singular dos acontecimentos. Para tanto, incluiu-se ao final da obra um glossário, na esperança de que aquilo familiarizado pelo leitor possa dialogar com conceitos novos, aos quais pode convir uma consulta às definições.

Sobre a Editora Características

A Pragma Livros é fruto do sonho em trabalhar com livros e apoiar escritores iniciantes, independentes e pequenas editoras. Pragma é uma derivação ou abreviatura da palavra pragmatismo. Esta, por sua vez, tem sua origem no latim pragmaticus e significa “aquele que é próprio dos negócios ou da lei”. A palavra também tem sua versão no grego - pragmatikos, que quer dizer “versado em negócios”. Pelo grego, este tem raiz nos termos pragma (“negócios”, “feito” ou “atos civis”), e prassein (“fazer”, “agir” ou “realizar”).
Atualmente, o conceito de pragmatismo é tido como um pensamento filosófico, baseado na ideia de que todas as coisas são definidas por um conjunto de ideias (imaginárias), são rituais ou seguem um processo prático.

Meu Carrinho

Continuar Comprando